sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Cometa ISON provocará chuva de estrelas esta noite.

 Segundo cientista esta noite poderá ser possível ver uma chuva de pequenos meteoros provenientes da destruição do cometa Ison em em Novembro passado, sendo que muitos cientistas estão um pouco céticos sobre a possibilidade de os mesmos serem visto a olho nu, sendo possível ver apenas uma cor azulada nos céus devido às chamadas nuvens noctilucentes.
Nuvens noctilucentes parecendo com uma aurora boreal
"Mas será difícil acompanhar o fenómeno. Isso porque as partículas geradas pela "morte" do Ison são muito pequenas para produzir meteoros brilhantes o suficiente para serem vistos a olho nu.
Talvez seja possível ver nuvens noctilucentes, formadas por minúsculos cristais de gelo no limite superior da mesosfera. Esses grãos chegam tão alto na atmosfera porque são originários de cometas que deixam essas partículas pelo caminho ao longo de sua órbita.
Esses cristais se formam porque cometas são corpos rochosos de pó e gelo. Alguns deles, como Ison, surgem do exterior do Sistema Solar, a partir de uma zona chamada de Nuvem de Oort. Ison, por exemplo, tinha um diâmetro de cinco quilômetros, sendo composto principalmente de gelo, gases congelados e poeira.
Antes de chegar perto da nossa estrela, o objeto celeste passou muito perto da Terra. Depois, o cometa atingiu o periélio, o ponto de sua trajetória mais próximo do Sol. A distância foi de apenas 1,2 milhão de quilômetros e passou por uma temperatura de quase 3 mil graus centígrados.
Descoberto em Setembro de 2012 por dois astrónomos russos, o Ison foi apelidado de "cometa do século" após previsões indicarem que ele poderia aparecer tão grande e brilhante como a Lua Cheia quando visto da Terra durante a passagem pelo Sol." segundo 

Cláudio Jardim 17/01/2014

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião critica e construtiva.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Filipe Duarte Santos em entrevista ao Noticias ao Minuto

 Excelente entrevista com muitos esclarecimentos sobre o nosso presente e futuro, desde os incêndios até à agua que usamos nas nossas sanita...